Aguarde, carregando...

gabinete@pien.pr.gov.br 41 3632-1293

Coronavírus: Quando devo procurar uma unidade de saúde

Por:

Atualizado em 14/05/2021 13:58

Coronavírus: Quando devo procurar uma unidade de saúde

Recomendação dos profissionais de saúde é que o paciente busque auxílio primeiramente no posto de saúde, das 7h às 17h.

Com o aumento do número de casos positivos para o Coronavírus muitas pessoas se perguntam o que fazer ao apresentar algum dos sintomas da doença. A resposta é simples, procurar um Posto de Saúde. Os postos são a porta de entrada do cidadão para receber quem apresenta os sintomas da doença, deixando assim o hospital apenas para os casos mais graves.

No município de Piên já foram registrados 432 casos positivos para a doença. Destes 399 já foram curados e 28 estão em tratamento. O maior número de casos foi registrado em Trigolândia, onde 105 pessoas contraíram a doença. Os números da secretaria de Saúde ainda apontam que a idade que mais apresentou casos positivo foi entre os 31 e 40 anos de idade.

Uma das esperanças da população é em torno das recentes vacinas, que aos poucos, começa a ser aplicada segundo critérios de prioridade. Em Piên já foram imunizadas 146 pessoas, todas na primeira dose. “Estamos com o planejamento pronto para que a medida que as vacinas forem chegando já serem aplicadas nos pienenses”, frisou o secretário de Saúde Pedrinho da Silva.

A segunda-fase da vacina foi a imunização para pessoas com idade superior a 90 anos. E para garantir mais segurança aos idosos uma equipe de vacinação percorreu a cidade na última semana aplicando as doses na residência destas pessoas. “É uma faixa etária de risco, precisamos evitar que estas pessoas saiam na rua, por isso estamos indo nas casas aplicar a vacina”, comentou Pedrinho.

Dona Lídia Dacoregio, de 95 anos, recebeu com esperança a equipe de vacinação em sua residência. Ela acredita que a vacina seja a forma mais eficaz de se prevenir da doença e evitar as complicações do Coronavírus. “Eu estava ansiosa esperando pela vacina e agora me sinto muito feliz em ser vacinada”, comemorou Lídia. Ela é moradora da localidade de Boa Vista, comunidade esta que teve 11 pessoas que contraíram a doença. Além dela outros 29 idosos receberam a primeira dose da vacina em casa. Do quadro de pessoas acima de 90 o município ainda tinha mais 4 pessoas, uma está em uma instituição de longa permanência em Curitiba e receberá a dose da vacina lá. Já 3 pessoas receberam a equipe da vacinação em casa, mas recusaram ser vacinadas.

Na última semana, Piên recebeu mais 99 doses da vacina, estas, destinadas para os profissionais que receberam a primeira dose no início da vacinação. “Estas doses começamos a aplicar e vamos completar até o termino desta semana”, frisou a Coordenadora de Atenção Básica Mayara Grosskopf.

A coordenadora ainda faz um pedido para que a população evite buscar auxílio no hospital quando tiver sintomas leves de Coronavírus. Ela solicita que os pacientes procurem o posto de saúde para o primeiro atendimento. “Temos no posto de saúde central médico exclusivamente para atender casos do Covid, a pessoa pode ir que será atendida”, frisou ela. O motivo da solicitação é que muitas vezes acaba superlotando o hospital e a intenção é deixar o hospital para encaminhar apenas os casos mais graves. “Nosso apelo é para que as pessoas procurem o hospital apenas nos casos graves”, finalizou. O posto central atende de segunda à sexta das 7h às 17h, fora deste horário, se os sintomas persistirem o paciente deve procurar o hospital.

 

Quando procurar ajuda

Por se tratar de uma síndrome respiratória, os sinais e sintomas do coronavírus são, principalmente, nas vias aéreas, semelhantes a um resfriado. Fique atento quando tiver febre, mal estar, dor no corpo e tosse. Em casos mais graves pacientes podem apresentar infecção do trato respiratório inferior, como as pneumonias.