Aguarde, carregando...

gabinete@pien.pr.gov.br 41 3632-1293

Alunos voltam às aulas a partir desta segunda

Por:

Atualizado em 23/09/2021 11:12

Alunos voltam às aulas a partir desta segunda

Aulas seguem no formato híbrido, onde uma semana o aluno estuda em casa e na outra frequenta a escola. Somente crianças que apresentam alguma comorbidade, e que possuam atestado médico, poderão continuar no sistema de aulas remotas. As demais todas devem frequentar às escolas nos dias previstos

A retomada das aulas na rede municipal de ensino de Piên tem sido feita com extrema cautela e responsabilidade. De forma democrática e seguindo rígidos protocolos de proteção, as atividades recomeçaram com o formato híbrido, onde cada turma é dividida e os alunos se revezam com uma semana com aulas presenciais e outra online em casa, sendo que os pais poderiam optar por não enviarem seus filhos a escola. Após este período de análise e com a vacinação de todos os profissionais da educação, foi confirmada agora que o ensino híbrido será implantado para 100% dos alunos.

Esta medida também foi adotada com os níveis mais baixos de contaminação que a covid vem apresentando nas últimas semanas na cidade e em todo o Estado. Além disso, o decreto nº 222/2021, prevê que os alunos que possuam alguma comorbidade possam se manter estudando remotamente, desde que apresente um laudo médico comprovando a doença. Neste caso, os pais ficam responsáveis pela retirada e devolução das atividades nas escolas, bem como orientar a realização destas tarefas.

Todas as escolas do município estão preparadas para atender estas crianças, seguindo as orientações sanitárias necessárias para o enfrentamento da pandemia. A medida é importante pois proporcionar mais oportunidade de educação para as crianças, que desde o início da pandemia vem tendo dificuldades no aprendizado.

Desde maio a Secretaria de Educação já vem retornando neste formato híbrido, porém opcional, e vem notando uma grande evolução dos alunos que estão frequentando a escola. “Foi feita uma avaliação com todas as turmas e foi detectado uma falha na alfabetização, que é decorrente justamente deste período em que as crianças estiveram distante da escola”, disse a secretária de Educação, Clarice Fragoso. Para amenizar este déficit, foram contratados profissionais para trabalhar o tema em todas as escolas com estes alunos que apresentaram dificuldades. “Este trabalho ficará mais intensivo agora no terceiro trimestre”, disse ela.

A secretária ainda pede o auxilio dos pais para encaminharem seus filhos às escolas. “Precisamos ajuda dos pais, como não temos espaço suficiente para manter todas as crianças simultaneamente nas escolas estamos trabalhando de forma híbrida”, comentou. Para garantir a aprendizagem dos alunos é importante que os pais acompanhem e cobrem seus filhos para estudarem e realizarem as tarefas nos dias em que não estão na escola. “Na semana que o aluno está remoto em casa, ele não está de férias, então no horário que ele estaria na escola é importante que dedique o tempo para realizar as atividades necessárias”, frisou.