[Brasão Prefeitura de Piên]

Escolas e CMEIs desenvolvem projetos com o tema “O mundo que eu quero”

O concurso foi lançado em 2017, pela Secretaria de Educação, e as instituições vencedoras foram a Escola Santa Isabel e CMEI Tio Milton

Por Pamela Ritzmann dia

Escolas e CMEIs desenvolvem projetos com o tema “O mundo que eu quero”

Escolas e CMEIs desenvolvem projetos com o tema “O mundo que eu quero”

Valorizar a vida e os valores, refletir sobre a atualidade e enaltecer o respeito mútuo. Estes foram os principais objetivos do concurso “Valorização da Vida”, lançado pela Secretaria de Educação, em 2017, a todas as Escolas Municipais e CMEIs de Piên. Desde lá, as instituições desenvolveram projetos com o tema “O mundo que eu quero”.

Os resultados de todo este trabalho e dedicação foram apresentados neste mês, pelas professoras e diretoras das instituições. A maioria dos projetos abordou temas como meio ambiente, valores éticos, respeito e valor das brincadeiras. Os trabalhos foram avaliados por uma comissão julgadora, que escolheu os dois melhores entre as Escolas e os CMEIs. Os vencedores foram a Escola Municipal do Campo Santa Isabel, de Campina dos Crespins, premiada com um computador, e o Centro Municipal de Educação Infantil Tio Milton, de Trigolândia, premiado com um data show.

De acordo com a secretária de Educação de Piên, Maristela Wendrechovski, o objetivo do projeto foi levantar uma reflexão sobre novas atitudes para o cuidado da natureza, do meio ambiente e dos espaços de convivência, valorizando a vida, o respeito, a cidadania e uma cultura de paz e consolidando uma parceria com as famílias para a formação integral das crianças. “Hoje, vivemos uma inversão de valores e precisamos rever esta situação, mostrando para os nossos alunos que o lado bom da vida é bem melhor. Os estudantes precisam perceber que devem cuidar de si e do outro, promovendo boas ações, e que eles também podem contribuir para melhorar a convivência na escola, na família e em todos os lugares que frequentam. Ficamos felizes, pois houve uma expressiva participação das famílias no projeto, o que é muito importante nesse processo. É escola e família juntas, fazendo a diferença na educação de nossas crianças”, destaca a secretária.

Os projetos

Por meio do projeto, a Escola Santa Isabel quis levar a leitura para além da sala de aula, utilizando diversos espaços da instituição e compartilhando o hábito com as famílias. Os alunos e professores também tiveram a oportunidade de se tornarem autores do próprio livro de histórias, por meio da plataforma virtual Estante Mágica. O lançamento das obras literárias dos pequenos autores está previsto para o encerramento do ano letivo 2018.

Já o CMEI Tio Milton, através de seu projeto, resgatou as brincadeiras e brinquedos, contando com o envolvimento de pais, professoras, crianças e comunidade. O principal objetivo foi fazer com que a família se envolvesse mais no dia a dia da criança, por meio da promoção do momento em família, da construção de brinquedos e da brincadeira com os filhos, deixando um pouco a tecnologia de lado.

  • Compartilhe essa página
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp