[Brasão Prefeitura de Piên]

ATENÇÃO!

A Vigilância em Saúde, através da Secretaria de Saúde do município de Piên, diante ao aparecimento de casos de varicelas detectados no município, vem por meio deste, enfatizar orientações e condutas frentes aos casos de varicela. Solicitamos que esta orientação seja repassada a todos os interessados, principalmente em creches e escolas.

Por Welington Charlles Kobsczinski dia

ATENÇÃO!

O que é Varicela (Catapora)?
A varicela é uma doença infecciosa, altamente contagiosa, mas geralmente benigna, causada por um tipo de vírus que se manifesta com maior frequência em crianças e com incidência no fim do inverno e início da primavera.

A principal característica clínica são lesões na pele, que se apresentam em diversas formas e são acompanhadas de coceira. Em crianças, geralmente é benigna e autolimitada. Em adolescentes e adultos, em geral, o quadro clínico é mais exuberante.

Uma vez adquirido o vírus, a pessoa fica imune. No entanto, esse vírus permanece em nosso corpo a vida toda e pode ser reativado e causar o Herpes-Zoster, conhecido também como cobreiro.

Como a Varicela (Catapora) é transmitida?
A varicela é facilmente transmitida para outras pessoas. O contágio acontece por meio do contato pela tosse, espirro, saliva ou por objetos contaminados pelo vírus.

O período de incubação do vírus da Varicela é de 4 a 16 dias. A transmissão se dá entre 1 a 2 dias antes do aparecimento das lesões de pele e até 6 dias depois, quando todas as lesões estiverem na fase de crostas (cascas).

Quais são os sintomas da Varicela (Catapora)?
 Os principais sinais e sintomas da doença são:
Manchas vermelhas e bolhas no corpo;

Mal-estar;
Cansaço;
Dor de cabeça;
Perda de apetite;
Febre baixa.


As bolhas surgem inicialmente na face, no tronco ou no couro cabeludo, se espalham e se transformam em pequenas vesículas cheias de um líquido claro. Em poucos dias o líquido escurece e as bolhas começam a secar e cicatrizam. Este processo causa muita coceira, que pode infeccionar as lesões devido as bactérias das unhas ou de objetos utilizados para coçar.

 
Complicações da Varicela
Encefalite (inflamação aguda do sistema nervoso central, que provoca inflamação do cérebro) podendo ser fatal se não for tratado.

Pneumonia;
Infecções na pele e ouvido.

Como prevenir a Varicela e cuidados necessários
Ao apresentar os primeiros sintomas é necessário procurar imediatamente, um serviço de saúde para que um profissional possa orientar o tratamento e avaliar a gravidade da doença.

Para evitar o contágio, é necessário que a criança ou adulto com varicela evite locais públicos até que todas as lesões de pele estejam cicatrizadas, o que acontece, em média, num período de duas semanas.

Lavar as mãos sempre após tocar nas lesões. Os cuidados de higiene são muito importantes e devem ser feitos com água e sabão.

Afastar os acometidos da escola, creche e trabalho por um período de 7 dias ou até que todas as lesões tenham evoluído para crostas.

Manter os ambientes ventilados.

Realizar desinfecção dos objetos contaminados com secreções nasofaríngeas.

Mãos, vestimentas e roupas de cama, além de outros objetos que possam estar contaminados, devem passar por higienização rigorosa.

Para diminuir a coceira, o ideal é fazer compressa de água fria. As vesículas não devem ser coçadas e as crostas não devem ser retiradas. Para evitar que isso aconteça, as unhas devem ser bem cortadas. A medicação a ser ministrada deve ser orientada por profissionais de saúde.

Pessoas com catapora não devem ter contato com recém-nascidos, mulheres grávidas ou qualquer indivíduo que esteja com a imunidade baixa, já que a doença pode ser mais grave nestes grupos.

Vacinação conforme calendário nacional de imunização.

Notificar, investigar e monitorar todos os casos suspeitos para realização dos procedimentos cabíveis para cada situação.


Qualquer dúvida entrar em contato com a Vigilância em Saúde do Município pelo fone (41) 3632-1378.

  • Compartilhe essa página
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp