[Prefeitura de Piên]
[Brasão Municipal]

História

PRIMEIROS HABITANTES

De origem portuguesa, alguns componentes da família Vieira, radicados no município de Morretes, no litoral paranaense, se dirigiram para o interior do Estado em busca de um local para fixarem-se em definitivo. Saindo de Morretes, liderados por Antonio Vieira, encontraram a localidade de Tietê, onde permaneceram por algum tempo.

Reiniciando a caminhada chegaram a uma localidade que mais tarde viria a se chamar Piên, pois as famílias desbravadoras dessas terras, quando ali chegaram, encontraram na região um grande número de gaviões, cujo piar lembrava a palavra que nomeou nosso município.

Isso ocorreu por volta de 1850, quando a região ainda era habitada por índios pacíficos Tupi-Guarani, fato este que levantou outra teoria sobre a origem do nome Piên: para o historiador Manuel Machuca, Piên significa coração na língua indígena Tupi-Guarani.

As primeiras fontes de renda desses pioneiros eram a erva-mate, o feijão e a farinha de milho, preparada em um monjolinho comunitário. Mais tarde passou a escoar sua produção de madeira, erva-mate e cereais via São Bento do Sul, Estado de Santa Catarina.

OUTRAS INFORMAÇÕES

O Município de Piên encontra-se localizado na região sudeste do Estado do Paraná. Foi emancipado politicamente de Rio Negro em 01 de novembro de 1961 e, de acordo com os dados do IBGE (2010), possui aproximadamente 11.254 habitantes. O nome Piên tem sua origem remetida a duas correntes; a primeira delas defende que o nome seria de origem indígena (Tupi-Guarani), cujo significado é coração; a outra defende que o nome se origina do "Piar” do Gavião, comum na região.

A economia do município, durante algum tempo, esteve baseada na agricultura, em culturas de produtos como batata salsa, trigo, arroz, frutas, com destaque para milho e tabaco. O município possui 1.580 pequenas propriedades rurais e a qualidade de vida na região está entre as melhores do estado.

Em 1996, a cidade começou a conhecer o desenvolvimento industrial. Com a implantação da empresa Portuguesa Tafisa (atualmente ARAUCO), o município iniciou um processo de adaptação frente a uma nova realidade econômica. E que somada as outras empresas já estabelecidas, como a Famossul, as indústrias tomaram seu lugar como carro chefe na renda do município.

A agricultura, em conseqüência, também se desenvolveu e, em pouco mais de cinco anos, a cidade passou da 370ª posição em arrecadação para a 82ª colocação, falando em nível de Estado do Paraná, que possui 399 municípios.Na região, o município de Piên destaca-se pela cordialidade de seu povo e pelo crescimento sustentado. Prova disso é o índice de desenvolvimento humano, (IDH) que é um dos melhores do estado do Paraná.