[Prefeitura de Piên]
[Brasão Municipal]

Secretaria de Saúde realiza pedágio educativo contra a AIDS

Durante o evento, que foi promovido no Dia Mundial de Luta contra a ADIS, foram abordados cerca de 500 veículos

Por Pamela Ritzmann dia

Secretaria de Saúde realiza pedágio educativo contra a AIDS

Na sexta-feira (01), a Secretaria de Saúde de Piên, por meio do setor de Atenção Básica e do Departamento de Vigilância em Saúde, promoveu um pedágio educativo de conscientização sobre a AIDS, em alusão ao Dia Mundial de Luta contra a AIDS, com a intenção de mobilizar e conscientizar a sociedade sobre a importância da prevenção, para combater a doença. Foram aproximadamente 500 veículos abordados, com a realização de orientações e entrega de folders explicativos, com informações importantes sobre a AIDS.

Secretaria de Saúde realiza pedágio contra a AIDS

Secretaria de Saúde realiza pedágio contra a AIDS

O objetivo da data é despertar a necessidade da prevenção, promover o entendimento sobre a AIDS e incentivar sua análise pela sociedade e órgãos públicos. O Dia Mundial de Luta contra a AIDS também tem a função de auxiliar no combate contra o preconceito que muitos portadores de HIV enfrentam. “Essa mobilização também tem o intuito de quebrar barreiras com relação ao preconceito sobre as pessoas que vivem com HIV/AIDS e assim conscientizar as pessoas sobre os comportamentos seguros de prevenção”, comenta a enfermeira coordenadora da Atenção Básica, Rubia Forteski.

O Dia Mundial de Luta contra a AIDS foi criado pela Organização Mundial da Saúde (OMS), com o apoio da Organização das Nações Unidas (ONU), em 1987. O governo brasileiro, por meio do Ministério da Saúde, começou a promover campanhas de apoio ao Dia Internacional de Luta contra a AIDS desde 1988.

A doença

A AIDS pode ser transmitida através do contato de fluídos corporais do infectado com o sangue de uma pessoa saudável, por meio de relações sexuais sem preservativo (camisinha), transfusões de sangue ou compartilhamento de seringas e agulhas. Beijos, abraços ou contatos com a pele da pessoa portadora de HIV não transmitem a doença.

É importante destacar que a doença não tem cura, mas pode ser tratada com coquetéis antiaids, quando diagnosticada a tempo, melhorando a qualidade de vida do infectado. A Secretaria de Saúde destaca que os moradores pienenses podem, durante todo o ano, procurar as Unidades de Saúde para saber mais orientações sobre a doença e realizar testes rápidos de HIV.

Assim pega

- Relação sexual sem camisinha

- Uso compartilhado de seringas e agulhas

- Transfusão de sangue contaminado

- Da mãe infectada durante o parto

- Instrumentos cortantes não esterilizados

 

Assim não pega

- Beijo e abraço

- Masturbação (a dois)

- Uso de copos, talheres ou pratos

- Suor, saliva e lágrimas

- Compartilhamento de sabonetes e toalhas

- Picada de insetos

- Assento de ônibus ou banheiro

- Tosse ou espirro

- Doação de sangue

  • Compartilhe essa página
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no Whatsapp