[Prefeitura de Piên]
[Brasão Municipal]

Programa Cidade Limpa recolhe lixos e materiais não utilizados

Cronograma da terceira etapa do projeto, que deve começar na próxima semana e seguir até o mês de dezembro, foi divulgado

Por Pamela Ritzmann dia

Programa Cidade Limpa recolhe lixos e materiais não utilizados

Reciclar e dar uma destinação correta aos lixos e materiais que não são mais utilizados significa contribuir para a sustentabilidade do meio ambiente. Com objetivo de conscientizar e orientar sobre a importância dessas ações, a Prefeitura de Piên, por meio das Secretarias de Agricultura, Meio Ambiente e Saúde, Viação e Serviços Rodoviários e Ação Social e Defesa Civil, realiza o Programa Cidade Limpa.

As ações do Programa começaram a ser desenvolvidas a partir do segundo semestre deste ano e, agora, seguem para o terceiro ciclo. O Cidade Limpa consiste é um projeto de recolhimento de lixos, entulhos e materiais que não são mais utilizados pelos moradores pienenses. Por meio de um cronograma criado anteriormente, as coletas ocorrem às terças-feiras, em uma comunidade por vez. Neste dia, os responsáveis passam pelas ruas de cada localidade, por isso, os moradores devem deixar os lixos que desejam entregar, em frente às suas casas. No total, todas as 21 comunidades da cidade vão ser atendidas.

Por meio do Programa, são recolhidos todos os tipos de lixos, inclusive os recicláveis, com exceção de pilhas, lâmpadas e lixos orgânicos. De acordo com a chefe do Departamento de Vigilância em Saúde, Ana Mara Harbs, o projeto foi criado com o objetivo de deixar a cidade mais bonita, limpa e organizada. “Além de deixar a cidade mais desorganizada, os lixos podem transmitir diversas doenças. Por isso, resolvermos criar esta ação conjunta entre as secretarias”, destaca.

Programa Cidade Limpa recolhe lixos e materiais não utilizados

Cada Secretaria desempenha um importante trabalho na realização deste Programa. A Secretaria de Viação e Serviços Rodoviários participa com a disponibilização de um caminhão e funcionários para auxiliarem no recolhimento dos materiais. Já a Secretaria de Saúde, por meio da Vigilância em Saúde, se responsabiliza pelo trabalho de orientação e conscientização e de vistoria nas casas dos moradores. A Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente realiza as certificações e destinação final dos lixos. Por fim, a Secretaria de Ação Social recebe os materiais que são recolhidos em bom estado, como móveis, roupas, entre outros, e os destinam para as famílias que precisam.

Cronograma

Os recolhimentos desta segunda etapa do Programa devem iniciar a partir da próxima semana e seguem até o começo de dezembro. Neste mês, no dia 17, as coletas devem acontecer em Lageadinho, Vermelhinho e Campo Novo; no dia 24, em Quicé, Mosquito, Letreiro, Cachoeirinha e Aterrado Alto e, no dia 31, em Gramados, Palmito de Cima, Palmito de Baixo e Campina dos Crespins.

Programa Cidade Limpa recolhe lixos e materiais não utilizados

Para 2018, a expectativa das Secretarias responsáveis é ampliar o Programa também para as Escolas da cidade. “Pretendemos que as pessoas se conscientizem para que o município fique cada vez mais limpo. Se cada um fizer sua parte, o município será melhor. O povo também precisa fazer sua parte”, finaliza a Técnica de Meio Ambiente da Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente, Cristiane Telma Abuda.

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter